Please reload

Leitura Obrigatória

A HISTÓRIA DO MEU CÃOZINHO E A HISTÓRIA DE UM CÃO MUITO MAIOR

1/5
Please reload

Em Destaque:

A corrupção não está sendo varrida, mas está varrendo

 

Lógico que o combate à corrupção faz bem ao país.

 

Desde que essa onda começou, estamos vendo ao vivo dinheiro que nem em sonho era possível calcular. Somente agora, com os raios da televisão e da internet, revela-se a prova. O danado existe.

 

As caixas do Geddel colocaram o dinheiro do Arruda no bolso. Sorte deste, que virou troco daquele.

 

Aqui na rua, apareceu muita caixa de papelão. Desconfio que a criançada deu uma vasculhada em casa e, não encontrando dinheiro, jogou elas nas calçadas. Também percebi os serviços de limpeza urbana recolhendo os papelões mais rápido que de costume.

 

São cenas inquestionáveis. O que está errado, provoco, é misturar os circuitos.

 

O bolsa-família não pode ir embora porque houve corrupção.

 

O pré-sal não se inviabilizou porque teve roubo na Petrobrás.

 

500.000 cisternas foram construídas no Nordeste e a água não é,  necessariamente, suja.

 

Nossa energia é limpa. Os ventos viraram uma indústria nacional em apenas 10 anos e já respondem por 50% do consumo elétrico nordestino, independente de algum gaiato ter jogado merda no ventilador.

 

A 101 Sul e a 101 Nordeste finalmente foram duplicadas e, provavelmente, houve desvio de dinheiro. O problema é que o desvio também ocorria quando não se construía a 101, Sul e Nordeste. Não é verdade, pessoal?

 

A paulada que se quer dar, verdadeiramente, é contra a corrupção?

 

Ou tem gente se aproveitando para golpear direitos legítimos do cidadão?

 

Quando acabar a onda, será que teremos um país sem corrupção?

 

Teremos algo mais a mostrar?

 

Seremos um país?

 

 

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

  • Facebook Basic Square

Artigos Relacionados:

Acompanhe:
Please reload

Sobre o blog:

© 2017 Bora Brasil

Sempre que há interesse em disputa,  legítimo ou não,  consome-se ideologia,  não importando se a agenda é a gestão pública,  futebol ou política.  

Oferecer elementos contraideologicos à reflexão é o desafio de servidores públicos sociólogos cientistas politicos escritores e quetais que pensaram e são colaboradores deste blog. O objetivo é disputar, com ideias, o dasafio da construção de um país melhor. Bora Brasil. 

Entre em contato: contato.borabrasil@gmail.com